História e Património Cultural

O espólio cultural edificado da Região do Oeste mostra-se tanto pela sua diversidade como pela representatividade da mesma. Estações arqueológicas, castros proto-históricas, ou povoados romanos, misturam-se com castelos árabes, igrejas e mosteiros medievais, fortalezas quinhentistas, solares dos séculos XVII e XVIII e até com bons exemplares de arquitectura Arte Nova.

A ocupação árabe da Região está muito patente por exemplo nas edificações, de que são excelentes exemplos os Castelos de Alenquer, Torres Vedras, e Óbidos, este considerado uma preciosidade arquitectónica.

Estilos Manuelinos, Renascença, Barroco
Os estilos Manuelino, Renascença e Barroco estão bem representados na Região, nomeadamente no património religioso.

Azulejaria
A Região Oeste possui um valioso património de azulejaria, em grande parte oriundo dos séculos XVII e XVIII, que decoram muitas Igrejas e edifícios.

Pintura
Na área da pintura, o Oeste tem uma significativa oferta artística. Destaque para Josefa d’Óbidos, pintora seiscentista cujas obras podem ser observadas em algumas Igrejas da Região, como na Igreja de Santa Maria de Óbidos e na Misericórdia de Peniche.

Arquitectura militar
A arquitectura militar existente no Oeste reflecte bem a importância estratégica que esta Região sempre teve no contexto Nacional.



Escolha o Idioma